Buscar


Dor de cabeça, dor nos olhos, moleza, enjoo e até vômito. Parece virose, mas esses são os clássicos sintomas da ressaca. Quem nunca exagerou nos bloquinhos da vida e, depois, sentiu tudo isso? Se exagerar nas bebidas alcoólicas é comum em outras datas, no Carnaval, essa prática é ainda mais frequente.


Quando a ressaca é inevitável, a dica é repouso, bastante água e uma dieta rica em alimentos leves, como sopas, caldos, frutas e verduras. “O caldo de legumes, em especial, garante uma diversidade de nutrientes e hidratação ao organismo fadigado. É sempre uma boa opção para recuperar as energias e amenizar os efeitos da ressaca, pois quanto maior a variedade de legumes usados na receita, mais ela será nutritiva”, orienta a nutricionista do Grupo Mateus, Katia Souza.


Mais que uma refeição leve, o caldo de legumes favorece a recuperação do estômago e do intestino, servindo de suporte para o sistema imunológico. Além disso, os próprios temperos usados na receita colaboram para a cura da ressaca. “O alho, por exemplo, é conhecido como antibiótico natural; o tomate concentra vitamina C e ajudar a eliminar as toxinas da bebida alcoólica, reduzindo seus efeitos”, detalha Katia Souza.


Caldo de legumes


Para eliminar todos os efeitos da ressaca a dica é o caldo de legumes. De acordo com o chef do Grupo Mateus, Antônio Alcântara além de nutritivo e saboroso, o caldo de legumes é prático! “É uma receita fácil e rápida de fazer, além de ser um ótimo aliado em dietas”, lembra.


Agora que já conhecemos o poder do caldo de legumes no combate a ressaca, vamos aprender receita ensinada pelo Chef Antônio Alcântara? Confira o passo a passo:


Ingredientes


2 dentes de alho


1 de cebola


1 de tomate


200g de brócolis


200g de cenoura


200g de chuchu


200g de couve


200g de repolho


200g de batata


100g de berinjela


100g de abobrinha


500 ml de água



Preparo


-Em uma panela, adicione um fio de azeite e em seguida a cebola e o alho, cortados em tamanhos mínimos.


“É importante sempre picar o alho, cebola e o tomate em pedaços miúdos. Assim, ao longo do preparo, eles irão derreter e agregar ainda mais sabor ao caldo”, orienta o Chef Antônio.


-Depois, adicione o tomate e espere levantar fervura.


“Como esses temperos contêm água, eles irão refogar com a própria água”, lembra.


-Após refogados, adicione os legumes mais consistente, como: cenoura, chuchu, abobrinha e a batata. Todos os cortados em cubos médios.


“Caso queira que os legumes se desfaçam mais, é só picá-los em tamanhos menores”, pontua.


-Logo depois, inclua o repolho, berinjela, couve e por fim o brócolis. Adicione a água e deixe ferver.


“Enquanto cozer, verifique se os legumes estão moles”.


-Depois de alguns minutos, sirva em um prato fundo acompanhado de alguns rodelas de limão.


“Para deixa o seu caldo ainda mais saboroso e com uma boa apresentação, adicione salsinha picada. O cheira vai ficar inressistivel”, garante.


-A receita rende até três porções e pode ser consumida por qualquer pessoa.