Buscar

Da comida típica à playlist para curtir o dia de São João: só não vale deixar de lado a tradição!



O Dia de São João, comemorado todos os anos no dia 24 de junho, é uma das datas mais esperadas pelos nordestinos. No dia dedicado ao santo, a tradicional fogueira de São João é acesa e, dependendo da cidade, o público brinca ao som do bom forró, ou do bumba-meu-boi, para homenagear o santo junino. Diferente dos anos anteriores, em 2020 não haverá os arraiais ou as quadrilhas tradicionais da época, tudo para evitar aglomerações e a disseminação da Covid-19, doença que já matou mais 50 mil pessoas em todo país desde o início da pandemia. Sem arraias nas praças da cidade e em meio ao isolamento social, recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a alternativa é levar a festança junina para dentro de casa e aproveitar para celebrar o dia de São João ao lado da família.  Para ajudar você a preparar a própria festinha particular de São João, listamos os 4 passos - das comidas típicas, passando pela decoração, pelas brincadeiras e chegando até às músicas que vão deixar seu arraial caseiro bem completo. Confira! Cardápio: comidas típicas Se tem algo que não pode faltar nos arraiás são as tradicionais comidas típicas. Mas, em casa, nem sempre conseguimos preparar cada prato. Então, a sugestão é aproveitar e comprar pronto. “Nas lojas da Cohama, Calhau e Renascença contamos com  barracas do São João, que têm um cardápio recheado das tradicionais comidas típicas da época, tudo vendido no peso. Essa é uma alternativa de comprar o prato já pronto e garantir os sabores juninos na sua mesa, sem trabalho na cozinha”, indica Rivandré Brasileu, analista de Marketing do Grupo Mateus. Decoração junina Pratos típicos garantidos, é hora de montar a decoração! Os tons do São João são alegres, por isso, vale investir nas cores quando o assunto é decoração. As bandeirinhas e balões dão ao teto o encanto da época. Para preparar esses itens indispensáveis, os tecidos de chitão, papéis de seda, sulfite e celofane de diversas cores são uma opção fácil e barata. “Em nossas lojas contamos com o setor de papelaria, onde podem ser encontrados diversos materiais para decoração de São João. Um dos mais procurados nessa época, é o papel seda, com aumento significativo na procura em relação ao ano passado. Outro item muito procurado nas lojas, é o TNT que pode ser encontrado tanto em pacotes com 3 m, quanta na venda externa em bobinas com 50 m”, revela Mayara Vieira, Analista de Compras do Grupo Mateus. Para aumentar o espaço da festança, uma dica é afastar os móveis para aumentar a área de circulação e deixar apenas uma mesa para colocar as comidas e outra para as bebidas, assim, entre uma brincadeira e outra, dá para saborear os pratos e se hidratar.  Brincadeiras Em uma festa junina raiz, não podem faltar as brincadeiras, por isso, uma dica prática é improvisar uma pescaria. Encha uma bacia ou piscina infantil com plástico-bolha, papel celofane ou pedaços de isopor e coloque os peixes, desenhados em cartolina ou EVA. Improvise as varinhas: arames rígidos ou ripas fininhas de madeira com ganchos presos em uma das extremidades e boa pescaria! Outra boa ideia é brincar de acertar o alvo. No caso, as garrafas pet com argolas. E que tal uma quadrilha dentro de casa? Se sua família for numerosa, a anarriê será ainda mais divertido! Músicas Com as comidas típicas, decoração e brincadeiras prontas, é hora de selecionar a playlist para o seu arraiá.  Não tem outro jeito de começar essa lista senão com Asa Branca, um dos maiores sucessos de Luiz Gonzaga, reconhecido de ponta a ponta no Brasil. O que também não pode ficar de fora é arte de Dominguinhos em Isso Aqui Tá Bom Demais, que traduz perfeitamente o espírito da festa junina.  Se no Dia de São João é dia de acender a fogueira, a música composta por Lamartine Babo Chegou a Hora da Fogueira vai aquecer a paixão pela tradição junina. Já Esperando Na Janela, de Gilberto Gil, vai deixar os corações apaixonados ainda mais cheios de amor, dançando com o rosto bem coladinho. Para fechar a noite não pode faltar Forró do Xenhenhém, de Elba Ramalho. Divirta-se!



© 2020 by Takashi Comunicação